Onde sera que erramos?

 

Onde será que nos erramos?

Hoje eu iria escrever mais um pouco das muitas coisas que aconteceram no decorrer da minha vida, pois sei que existem pessoas que precisam ler, mas achei melhor escrever de outro assunto que não tem saído da minha mente.

Uma foto que vi no meu facebook me deixou pensativo, exatamente essa foto da pagina.

Infelizmente nossos governos, autoridades, empresários, enfim, pessoas que só se preocupam com seu bem estar e com suas alegrias, (Salvo alguns poucos deles.).

Nossos jovens sem ter um planejamento de vida, muitas vezes sem saber as conseqüências a que nossos atos podem nos levar, apenas por alguns bons momentos, colocam no mundo filhos.

Ele quando fica sabendo que a namorada esta grávida, na maioria das vezes a abandona. (Em muitos casos são filhinhos de papai.).

Ela, mãe solteira fica sem saber o que fazer quando a própia família a abandona, ou não da apoio, moral que a situação requer.

Agora ela se vê com uma responsabilidade em suas mãos, sem experiência, fica desesperada, pensa em abandonar a criança, e até em suicídio. Os donos de empresas quando tem uma funcionaria nesta situação em vez de estender a mão a despede friamente, sem imaginar o que essa mulher e essa criança vão passar por esse ato cruel (eles sabem, mas não estão nem ai.).

Vemos nas ruas das cidades crianças abandonadas sofrendo humilhações, passando fome, se enfiando nas drogas e outros vícios, adoecendo sem socorro algum.
Essas crianças crescem aprendendo a se defender e matar sua fome da pior maneira possível, matando, roubando, entrando nas drogas para ter coragem, e por ai vai.

Poucos na sociedade se preocupam com essas crianças, ou mesmo adolescente, ninguém da trabalho ou pelo menos não tentam uma recuperação.

Agora pensem. Quem é as vitimas e quem são os culpados? Eles assaltam ou matam um empresário, por sua vez as autoridades dizem que o empresário foi a vitima e quem assaltou é o bandido.
Será que esta frase esta correta?

As crianças não queriam ser abandonadas, elas olham o menino rico, ou o menino que tem um pai e uma mãe que lhes dão carinho e ficam pensando porque eles mesmos não tiveram esse amor.

Em minha opinião essas crianças ou esses adolescentes, ou até adultos com essa formação, são as grandes vitimas da nossa sociedade.

Nos todos sabemos que uma criança precisa dos pais para lhes guiarem, cuidar até certa idade. Muitos culpam a Deus pelo que nos acontece, ou pelas crianças que vivem abandonadas, crianças e inocentes que morrem de fome ou nas guerras.

Deus não fez nada errado, somos nós que não sabemos organizar nossas vidas e muito menos dirigir o mundo ao nosso redor.

Meus amigos, Deus fez tudo certinho, fez o universo, a natureza, tudo isso com leis propicias, para que nos possamos aprender. Entregou em nossas mãos, e nos deu livre arbítrio.

Se existe um culpado por este mundo estar assim, somos nós mesmos que não estamos conseguindo aprender a lição que Jesus nos deixou, dizendo:

Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo. (João 15-13)


Grato por ler meus comentários e pela visita ao site.

Compartilhe

Wampy.


Veja mais aqui no blog de W@mpy